Orelha de Gato Sequinha E Formas Diferentes de Preparar do Bolinho

O bolinho italiano adaptado pela culinária brasileira é uma ótima combinação de sabores
Publicado em Lanches
Orelha de Gato Sequinha E Formas Diferentes de Preparar do Bolinho Ildi Papp / Shutterstock.com

Bolinho tradicional da culinária Italiana, a orelha de gato é conhecida também por cueca virada no nosso país. A receita de orelha de gato sequinha é feita com uma massinha frita e polvilhada com canela e açúcar cristal.

A massa pode ser feita de diversas formas. É possível adaptar, inclusive, para os intolerantes a glúten e a lactose. Na nossa receita favorita, usamos os ingredientes tradicionais, o preparo é simples e rápido. Além de muito econômico.

Há ainda os temperos diferenciados que garantem mais sabor ao bolinho, como a canela e a noz moscada. Selecionamos abaixo mais 13 receitas para você fazer em casa e deixar o lanche da tarde ainda mais especial.

poste no pinterest esta imagem de receita de receita-de-orelha-de-gato-sequinha

Receita de orelha de gato tradicional: Saiba Como Fazer

Rendimento
50 porções pequenas
Preparação
30 minutos
Dificuldade
Fácil
Referência de Medida: Xícara de 240ml
Ingredientes
  • Açúcar e canela em pó (a gosto)
  • 2 ovos
  • 2 xícaras (chá) de açúcar
  • 1 xícara (chá) de leite
  • 1 colher (sopa) de margarina
  • 1 colher (sopa) de fermento
  • 800 gramas de farinha de trigo

Modo de preparo

  • Em um bowl, coloque os ovos, acrescente a margarina e o açúcar. Mexa bem até que forme um creme uniforme.

  • Acrescente o fermento e mexa até incorporá-lo à receita.

  • Acrescente a farinha de trigo aos poucos e continue mexendo.

  • O ponto da massa é quando fica mais pesada.

  • Em uma superfície lisa, despeje a massa e sove a massa por 5 minutos.

  • Acrescente farinha de trigo se necessário. O ponto ideal é quando está saindo da mão.

  • Abra a massa com a ajuda de um rolo

  • Corte em tiras de, aproximadamente, 2 dedos.

  • Em seguida corte em formato de retângulo pequeno, corte no meio e passe uma das pontas por dentro do corte, modele em formato de orelha.

  • Frite em óleo quente os biscoitinhos até ficar crocante por fora e macio por dentro.

  • Por fim, passe o biscoito em uma mistura de açúcar e canela.

Abaixo, fizemos uma lista com 13 preparos diferentes da orelha de gato para você preparar para o café da tarde da sua casa. Aproveite!

Com cachaça

Para esta receita, usamos uma dose de cachaça na massa do biscoitinho.

A cachaça não deixa que a massa absorva, por completo, a gordura e ainda contribui para deixar o prato mais crocante.

A massa não fica com cheiro e nem com gosto de cachaça, já que o calor da fritura faz com que o álcool seja evaporado.

Com açúcar refinado

O açúcar refinado é o mais doce dentre todos. Além de perder nutrientes no processo.

O processo de refinamento faz com que o índice glicêmico seja alto e por isso, se usado em excesso, é prejudicial à saúde.

Com pinga

O diferencial dessa receita de orelha de gato é que você pode usar o vinagre ou a pinga na massa.

Assim como a cachaça, o álcool encontrado nos dois ingredientes não favorece a absorção de gordura.

Com fermento biológico seco

Nessa receita, usamos o fermento biológico seco. Ele dura mais e é ainda mais concentrado.

Para usá-lo, a dica é dissolvê-lo na água ou no leite antes de incorporar os outros ingredientes.

Com canela

Especiaria de sabor amadeirado e cheiro marcante, a canela deixa qualquer receita ainda mais gostosa.

Aqui, polvilhamos canela nos biscoitinhos já pronto. A combinação com açúcar deixa o sabor doce equilibrado. Fica incrível.

Farinha de trigo

Embora muito calórica, a farinha de trigo é muito usada na nossa culinária por garantir que o ingrediente tenha liga e fique firme.

A farinha só não pode ser usada em excesso, mas é ideal para o preparo de doces e bolos.

Com fermento químico

Essa receita tem como ingrediente básico o fermento químico. Recebe esse nome porque não tem em sua composição leveduras naturais.

Nele, há uma combinação de aditivos químicos e bicarbonato de sódio, por isso é muito utilizado para fazer bolos

Com melhorador

O melhorador de farinha é vendido em diversos supermercados do país e usado com frequência pelos chefes do país.

Isso porque aumenta o valor nutritivo do prato e ainda melhora a qualidade da farinha deixando a ideal para o prato.

Suco de laranja

Nessa receita, o suco de laranja vem na massa da orelha de gato para garantir que o biscoito fique ainda mais saboroso.

É ainda nutritivo já que a laranja fortalece o sistema imunológico e retarda o envelhecimento com seu alto teor de vitaminas.

Macia

Nessa receita de orelha de gato, o diferencial está na maciez do bolinho.

Para que atinja essa consistência, é necessário que os ingredientes sólidos sejam peneirados antes de incorporados à receita.

Com noz moscada

Com um aroma marcante e único, a noz moscada tem um sabor quente e doce, levemente amendoado, deixando qualquer receita mais gostosa.

É ainda ótimo para a saúde já que a noz atua de estimulante cerebral, ameniza o cansaço mental e ainda, potencializa a capacidade de concentração.

Com leite condensado

Deixando o biscoitinho ainda mais doce, nessa receita de orelha de gato, usamos o leite condensado na massa.

Concentrado, o sabor único do leite condensado fica evidenciado e a massa ainda ganha mais maciez.

Sem glúten, sem lactose

Receita ideal para os intolerantes, aqui usamos farinha de trigo sem glúten e leite sem lactose.

O sabor da receita, assim como seu modo de preparo, são os mesmos e ficam muito saudáveis.

A orelha de gato é econômica, saborosa e rende muito. É ótima para o dia a dia.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.