Pizza: Saiba como fazer na AirFryer

Sabor na Mesa Escrito por 

A Pizza é um pedido tradicional, incorporado à gastronomia nacional. Quem não gosta de um delicioso pedaço quentinho de massa leve coberto de queijo, tomate, algumas verduras, carne, frango ou peixe, cebola, azeitona e aquele tostadinho no final? Parece impossível não gostar de pizza, não é mesmo?

INGREDIENTES

1 colher de sopa de margarina
1 xícara de leite
1 ovo
1 xícara e ½ de farinha de trigo
1 colher de sopa de queijo ralado
1 colher de sopa rasa de fermento em pó
sal a gosto.

MODO DE FAZER

Bata todos os ingredientes no liquidificador. Unte a cuba da Air Fryer, despeje metade da massa e asse por 10 minutos a 200ºC.
Abra a Air Freyer, coloque molho de tomate sobre a massa, adicione o recheio que desejar (muçarela, orégano, presunto, frango, etc.) e deixe assar novamente a 200ºC por mais uns 5 minutos.
Sirva quente.

Bernardo é italiano e mora no Brasil há muito tempo. Dia desses, ele estava pensando em porque o brasileiro diz que tudo termina em pizza, fazendo dessa máxima um ditado popular. Ele acredita que seja porque a pizza reúne os amigos em volta da mesa com boas risadas, reúne um casal apaixonado na frente da TV para ver um filme de sábado à noite e, também, porque se tornou um passeio de famílias que reúne desde a vovó até o bebezinho. Há tantas pizzarias no Brasil que parece que fomos nós quem inventou essa iguaria, mas, infelizmente, não fomos.

A pizza surgiu mesmo na Itália, não tem como negar. Porém, há algumas hipóteses para explicar como a pizza chegou à Itália. Desde os fenícios, que costumavam colocar carne e cebola na cobertura dos seus pães (pão sírio redondo e chato como um disco) até os turcos, que faziam a mesma modalidade de pão, mas utilizavam carne de carneiro e iogurte fresco. Porém, no século XI, durante as Cruzadas, esse pão sírio foi levado até o porto italiano de Nápoles e os moradores da região gostaram tanto que foram aperfeiçoando o prato durante o tempo, adicionando trigo de boa qualidade para a massa e inventando diversas formas de cobertura, adicionando, especialmente, diferentes tipos de queijos. O tomate foi introduzido na América no século XVI. A mais antiga pizzaria que se conhece está em Nápoles e foi fundada em 1830. A pizza Marguerita também surgiu nessa mesma cidade, em 1889, feita de encomenda para o rei Umberto I e a rainha Marguerita.

Bernardo adora se gabar de sua origem e falar da pizza e da Itália. Esse é, sem dúvida, seu esporte favorito. Esses dias, Bernardo estava para receber uns amigos em casa e queria usar sua nova aquisição para surpreendê-los. Bernardo ganhou de sua mãe uma Air Fryer, uma panela elétrica que funciona com um sistema de aquecimento composto com uma hélice que faz o ar super quente girar tão rapidamente que consegue cozinhar o alimento colocado lá dentro. Ela é prática, tem efeitos maravilhosos e, nesse caso, não desperdiça o gás.

Bernardo, então, resolveu que nada além de pizza poderia ser colocado naquela mesa aquele dia, afinal, pizza significa alegria e risadas, não é mesmo? Então, Bernardo fez as pizzas na sua nova Air Fryer. Ele também usou um liquidificador para misturar todo os ingrediente da massa, sendo 1 colher de sopa de margarina, 1 xícara de leite, 1 ovo, 1 xícara e ½ de farinha de trigo, 1 colher de sopa de queijo ralado e sal a gosto. Ao terminar de bater, adicionou 1 colher de sopa rasa de fermento em pó (aquele usado para bolos) e misturou delicadamente para incorporar o fermento à massa. Ele untou a cuba da Air Fryer com margarina e despejou metade da massa colocando para assar por 10 minutos a 200ºC. Ao terminarem os 10 minutos, ele abriu a Air Freyer e colocou molho de tomate sobre a massa pré-assada, muita muçarela, pepperoni, tomate e manjericão, e deixou assar novamente a 200ºC por mais uns 5 minutos.

Bernardo e seus amigos tiveram uma noite ótima, regada a pizza rápida, prática, fácil feita somente pela inigualável e melhor fritadeira elétrica Air Fryer.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Top