Daiane Cardoso Escrito por 

Bacalhau: Prepare de forma adequada na Airfryer

O bacalhau é um tipo de comida típica de dias de festas santas no Brasil. Muitas famílias, principalmente as descendentes de portugueses, consomem regularmente essa deliciosa iguaria. O bacalhau é um peixe delicioso que deve ser apreciado em seu ponto certo de cozimento.

O bacalhau é um tipo de comida típica de dias de festas santas no Brasil. Muitas famílias, principalmente as descendentes de portugueses, consomem regularmente essa deliciosa iguaria. O bacalhau é um peixe delicioso que deve ser apreciado em seu ponto certo de cozimento.

INGREDIENTES

500 gramas de bacalhau
500 gramas de batata bolinha
50 gramas de azeitona
sal, pimenta-do-reino, pimentão, tomate-cereja, alho, cebola e azeite a gosto.

MODO DE FAZER

Coloque o bacalhau para dessalgar. Enquanto isso, lave as batatas, seque, coloque na bandeja da Air Fryer, salpique com sal e azeite e ligue por 15 minutos a 200 graus.
Depois, coloque o bacalhau e adicione os temperos a gosto. Coloque mais 20 minutos a 200° e pronto. Seu bacalhau estará pronto.

Na casa da senhora Elisa, toda festa é dia para bacalhoada. A família é grande e festiva, e eles comem bacalhau na Páscoa, no Ano Novo, no Natal, ou em finais de semana muito animados em que fazem reuniões.

A mãe da senhora Elisa, a finada senhora Amélia, sempre contava à filha e às outras 4 irmãs que o bacalhau era um peixe com história milenar. Ela dizia que existem registros da existência de fábricas de processamento do peixe tanto na Islândia quanto na Noruega e isso lá no século IX. Ela gostava de contar as histórias dos Vikings como os pioneiros na descoberta. Como não tinham sal, apenas secavam o peixe ao ar livre, até que perdesse grande parte de seu peso e endurecesse como uma tábua de madeira, para ser consumido aos pedaços nas longas viagens que faziam pelos oceanos. Mas, ela dizia que foi por meio dos bascos que o mundo conheceu o bacalhau. Foi na costa da Espanha, portanto, que o bacalhau começou a ser salgado e depois seco nas rochas, ao ar livre, para que o peixe fosse mais bem conservado.

Portanto, ela dizia que, infelizmente, o bacalhau não era típico de Portugal, mas, Portugal teve muito a acrescentar na história, pois foram os portugueses os primeiros a introduzir esse peixe na alimentação a partir do século XV, pois era época de grandes navegações e precisavam de alimentos que durassem mais tempo durante as longas viagens. Esse peixe, portanto, foi perfeito para o experimento. Dona Amélia sempre ressaltava que o bacalhau foi imediatamente incorporado aos hábitos alimentares e é até hoje é uma de suas principais tradições.

Senhora Elisa gostava de ouvir as histórias da mãe e, um dia, em seu aniversário, não queria apenas lembrar-se da presença de uma mãe tão zelosa e carinhosa. Reuniu as irmãs e anunciou que faria um bacalhau tecnológico e moderno.

A irmã mais nova riu e quis saber o porquê de ser de um bacalhau tecnológico e moderno. Dona Elisa falou que era surpresa. Ela queria surpreender a todos. Desde o primeiro momento que comprou sua Air Fryer, pensou na sua mãe. Ela sabia que a senhora Amélia, mesmo tendo idade avançada, teria adorado essa tecnologia, se ela tivesse tido a oportunidade de ver aquela incrível panela elétrica que funciona com um sistema de aquecimento composto com uma hélice que faz o ar super quente girar tão rapidamente que consegue cozinhar o alimento colocado lá dentro. Ela é prática e tem efeitos maravilhosos. Dona Elisa sabia que era digno usar aquela panela para homenagear a mãe com sua receita tradicional naquele dia especial.

Senhora Elisa utilizou 500 gramas de bacalhau, 500 gramas de batata bolinha, 50 gramas de azeitona, sal, pimenta-do-reino, pimentão, tomate-cereja, alho, cebola e azeite a gosto.

Primeiramente, enquanto as postas de bacalhau dessalgavam, ela lavou as batatas, as secou e colocou tudo na cesta da sua nova incrível Air Fryer, salpicando sal e azeite, deixando-a ligada a 200ºC por 15 minutos. Após esse período, ela abriu a Air Fryer, virou as batatas, colocou o bacalhau e adicionou os temperos e o restante dos ingredientes a gosto. Ela programou sua panela para ficar mais 20 minutos ligada na mesma temperatura.

Ficou maravilhoso! Bacalhau e batatas suculentos, saborosos e douradinhos. Dignos da senhora Amélia. A família toda ficou feliz, principalmente a senhora Elisa, que acredita ter sido uma ótima homenagem para sua mãe.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Informações de Contato

  • Somos um site destinado a oferecer o que há de melhor em receitas e novidades da cozinha tradicional caseira regional.
  • Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
Top