Massa de Pizza de Liquidificador surpreendente

  • Conheça o segredo desse lanche super rápido e delícioso, aproveite com a família.
Publicado em Pizza
Massa de Pizza de Liquidificador surpreendente

Se você gosta de pizza e deseja preparar em casa, mas quer uma receita descomplicada, fácil e que saia super saborosas como aquelas das melhores pizzarias, está no lugar correto!

Pois, não é nada complicado, ainda mais essa que vai no liquidificador.

Basta montar a base, jogar os ingredientes, colocar no forno e esperar assar.

Mas, será que é tão facinho assim a receita de massa de pizza de liquidificador?

Confira!

poste no pinterest esta imagem

A Melhor Receita de Massa de Pizza de Liquidificador Simples e Fácil: Saiba como fazer

Quantidade
2 pizzas médias
Preparação
60 minutos
Dificuldade
Fácil

Ingredientes

2
xicaras (chá) de farinha de trigo
2
xicaras de (chá) de leite
2
ovos
1/2
xicara de (chá) de óleo
1
colher (chá) de sal
1
colher de (sopa) de fermento em pó
Molho
de tomate á gosto
Presunto
picado á gosto
Muçarela
picada á gosto
Milho verde
a gosto
Azeitonas
a gosto
Tomates
para decorar
Orégano
a gosto

Obs.: A medida em xícara para o recheio foi baseada em uma de 240 ml. O recheio pode ser da sua preferência.

Modo de preparo

1

Separe os ingredientes

Antes de começar a fazer, separe os ingredientes como a farinha de trigo, leite, os dois ovos, óleo, uma pitada de sal e o fermento em pó para a sua receita ficar mais fácil de fazer.

2

Coloque alguns ingredientes no liquidificador

  1. Os ovos, o óleo, o leite e a pitada de sal vão para o liquidificador primeiro.
  2. Você deve batê-los por cerca de 2 minutos para que fique homogêneo e logo acrescentar a farinha de trigo para que se misture tudo.
  3. Posteriormente, você deve colocar o fermento em pó e bater novamente.
  4. Reserve.
3

Na fôrma

  1. Pegue uma fôrma própria de pizza e a unte com manteiga e farinha como habitualmente muita gente faz.
  2. Esse tipo de untar serve para que a receita de pizza e outras massas não fiquem grudadas na fôrma.
  3. Espalhe a massa feita até que cubra toda a fôrma e leve ao forno preaquecido por 20 minutos em 180º e pré-assar.
4

Vamos ao recheio?

  1. O recheio pode ser do seu gosto, mas aqui vamos dar um exemplo com os mais comuns.
  2. A primeira coisa que você vai fazer é untar sua massa pré-assada com molho de tomate com a ajuda de uma colher.
  3. Depois, coloque o presunto picado ou em fatias e a muçarela também picada ou em fatias.
  4. Jogue bastante milho e decore com rodelas com tomate e azeitonas.
  5. Por fim, coloque orégano e dê acabamento no recheio,
5

Forno de novo

Asse a pizza em 180º por 15 minutos e, em seguida, sirva!

Veja ainda mais inumeras opções de pizza de liquidificador que preparamos para sua alegria.

Como armazenar, guardar?

A dúvida que muita gente tem é na hora de guardar e armazenar quando já pronta.

Muitos vão dizer que basta colocar na geladeira e pronto! Outros dirão para tomar cuidado, deixar a massa esfriar por completa e só assim guardá-la dentro da geladeira por alguns dias.

Realmente, o certo é guardar na geladeira, mas tem todo um preparo .

Você deve forrar o prato ou a embalagem com um papel toalha.

Depois, colocá-la sobre os papéis toalhas e, posteriormente, mais papéis toalhas sobre a receita.

E, por fim, você deve cobrir o prato ou a embalagem onde irá guardá-la com um plástico.

Também poderá usar uma tampa se for colocar numa vasilha, por exemplo.

Daí, é só guardar na geladeira (principalmente se pretende comer logo).

Colocando-a em uma geladeira, vai fazer com que ela resfrie e não estrague.

E se fosse colocar num congelador, poderia mudar a textura e até o sabor.

Caso você colocasse-a sem essas proteções de papéis toalhas e papéis filmes, resultará numa massinha umedecida e isso a estragará.

Pois, o molho de tomate, vegetais e carne vazarão pela massa.

Quanto mais fina é a casca da massa, mais molhada vai ficar...

Ou seja: o resultado será catastrófico!

Por isso, siga o passo a passo acima e a conserve da forma correta.

Quanto tempo dura, validade?

Uma caseira tem a validade de 7 dias corridos se guardada em uma geladeira.

Esse prazo, que estipula, são as normas da ANVISA, que vale nas geladeiras e refrigeradores, contanto que você faça todo o procedimento de cobrir com papéis toalhas e papéis filmes.

Durante este prazo, você poderá saboreá-la à vontade e em paz que ela não perderá o sabor e, tampouco a validade.

Da para congelar?

Mesmo que a maior indicação seja guardar em um refrigerador ou geladeira, é possível guardá-la em um congelador.

Ou seja, é possível congelá-la.

Dessa forma, para pizza poderá chegar ao prazo de validade de 2 meses.

Mas, para que isso aconteça, deve ficar atento ao modo de preparo.

Pois, será necessário que a massa deva ser pré-assada por cinco minutos.

Depois disso, você deverá esperar esfriá-la e colocar o molho.

Quando for colocá-la no congelador, coloque-a em uma forma reta por três horas.

Retire-a do congelador, embrulhe-a em um papel filme, em um papel alumínio e guarde-as novamente.

Qual a melhor farinha para fazer?

Sem dúvida, a melhor farinha para preparar é uma italiana chamada “Caputo” do tipo 00 que é a queridinha entre os chefs que são especialistas.

Ela é usada nos melhores restaurantes da cidade de São Paulo (Maremonti, Bráz, Dona Firmina etc.).

Esta farinha existe desde 1924 e é tradição lá na Itália para fazer bolos, pães e biscoitos.

Quem não sabe, dizer que é tipo “00” quer dizer que é mais refinada.

É tão refinada que parece um talco!

Por ser muito fininha, então não precisa de muita água na receita, por exemplo.

Outra vantagem que conta na marca Caputo, é a quantidade de proteína que é de cerca de 12,5%, pois tem variados grãos de trigo de grande qualidade na composição.

Esta é ideal para preparar, principalmente, no sabor napolitano.

Caso você não encontre a farinha Caputo facilmente, em lojas virtuais você pode adquirir sem problemas (compras internacionais).

Ou, se preferir, procure por farinhas do tipo 00 que é esplêndida nas pizzas.

Por que não usar farinha com fermento?

Com fermento não é proibida de usar, mas pode deixar a massa estranha.

Pois, já vem misturado, ela é mais voltada a receitas de massa que precisam crescer: biscoitos, pães e bolos.

A massa não precisa crescer e quanto mais fininha melhor, então o uso da farinha com fermento se torna inútil.

Use sem ou o tipo 00 que é a melhor de todas semelhante a marca Caputo que comentamos anteriormente.

Como dar sabor a massa? (parmesão, acrescentar alho em pó etc.)

Existem várias receitas para dar sabor a massa, das mais simples, adicione cebola no preparo da massa, as que tem um sabor mais acentuado semelhante a massa com tapioca ou couve-flor.

A receita de massa de pizza de couve-flor envolve apenas três ingredientes principais: o próprio couve-flor, muçarela e o ovo. E é sem glúten.

A massa vai ficar com um sabor diferente dando um toque a mais!

E se você quiser uma massa mais light, basta substituir a muçarela por ricota... Fica uma delícia!

Já a receita de massa com tapioca, também é muito fácil de preparar e deixa com uma aparência diferente, já que fica com o jeito e gosto da tapioca.

Esse tipo, que é considerado o mais brasileiríssimo de todos devido ao seu principal ingrediente, a tapioca, tem o nome de “crepioca de pizza”.

Afim de fazê-la, basta ter em casa os produtos: farinha de tapioca, colher (sopa) de fermento químico, ovo, sal, presunto, muçarela, molho de tomate e manjericão.

Imagina o gosto dessa massa? Uma delícia!

Quais os sabores mais fáceis de se fazer em casa com essa massa?

Podemos dizer que todas são as melhores de montar em casa, pois basta aprender direitinho a massa e rechear da forma que bem entender.

Porém, existem sabores que são os mais fáceis de preparar dentre todos os sabores que existem no mundo.

Cinco deles podemos citar abaixo:

  • Quatro queijos
  • Marguerita
  • Calabresa com cebola
  • Frango com catupiry
  • Brigadeiro com morango

A de quatro queijos é o mais fácil de montar de nossa lista, pois basta colocar no recheio quatro sabores de queijo diferente, muçarela, parmesão, provolone e gorgonzola, por exemplo.

Não se esquecendo de passar o molho em seu disco, os queijos um por cima do outro, orégano ou pimenta a gosto e requeijão para dar aquele toque mais cremoso.

Os chefs recomendam que, quando você for colocar cada queijo, prefira colocar primeiro o que tem o gosto mais suave, pois, o quarto queijo que vai por cima de todos, deve ser em menor quantidade devido ao seu sabor forte.

A de sabor de Marguerita é a segunda mais tranquila para ter em casa, pois é a mais saborosa da lista!

Tudo o que você precisa para rechear são rodelas de tomates e folhas de manjericão para colocar por cima.

Isto é, basta cortar os itens e montar a saborosa de marguerita.

Não se esquecendo do molho, queijo muçarela e do orégano.

Vai ficar divino!

Nosso terceiro colocado é o sabor de calabresa com cebola.

Este é para aqueles que adoram um sabor mais “apimentado” e “caliente”.

E preparar é muito tranquilo: basta ter uma linguiça calabresa sem cascas e cebolas em tiras.

A dica que os chefs dão é ferver a linguiça e tirar seu excesso de gordura e esterilizar o alimento.

Você também poderá fritar a calabresa com a cebola e molho shoyu antes de rechear.

Fica com um gosto mais natural e ainda não perde o sabor.

Nossa quarta colocada é um sabor que está conquistando cada vez mais os brasileiros que são fãs de recheios cremosos: frango com catupiry.

Basta cozinhar os peitos de frango em uma panela e desfiá-los posteriormente.

Logo você terá que incrementar esse recheio com alguns temperos gostosos, cebola, sal, cheiro verde, milho, pimenta etc.

Por fim, basta colocá-lo em cima coberta de molho e fatias de queijo muçarela para dar aquele toque.

Adicione o orégano que é uma das estrelas principais da salgada em matéria de produtos e algumas colheradas de catupiry...

Experimente e depois me fala!

Por fim, nossa última colocada é uma que é doce: brigadeiro com morango.

Pizzas doces são saborosas e quem é fã de doces é um prato cheio!

Essa receita doce é a mais facinho de preparar porque basta preparar um brigadeiro de panela (chocolate em pó, colher (chá) de leite condensado e margarina, se quiser uma colher de chá de açúcar).

Feito isso, despeje o brigadeiro por cima da massa e espalhe pequenos pedaços de morango.

Coloque no fogo novamente por alguns poucos minutos e pronto!

A melhor versão doce está pronta!

Curiosidades sobre a pizza

Você sabia que a origem ainda é desconhecida?

Muitas pessoas acham que ela surgiu em Nápoles e que seu prato precursor é a focaccia, mas ainda esta tese não tem uma comprovação original.

Curiosamente, o tomate, cujo molho é um dos principais componentes. Veio depois da “invenção” da pizza.

Era a base alimentícia dos italianos e, inclusive, esse prato é tão sério que existe um campeonato no mundo!

O sabor marguerita que foi citado anteriormente foi inventado para uma rainha pelo pizzaiolo Raffaele Esposito, no final do século 19 e por causa dele, foi reconhecida entre os nobres, pois era considerada um prato de plebeu.

Você gostaria de nos ajudar com um compartilhamento em suas redes sociais? Cada compartilhamento ajudará.

Siga-nos no Youtube, Facebook, Pinterest e Instagram.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Ao usar este site, você concorda com o uso de cookies. Usamos para criar uma ótima experiência para você.