Tradicional Receita de Barreado + Combinações Variadas de Dar Água Na Boca

Aquele prato típico do litoral paranaense feito em casa com o seu tempero.
Publicado em Carnes
Tradicional Receita de Barreado + Combinações Variadas de Dar Água Na Boca Anna_Pustynnikova / Shutterstock.com

Os paranaenses se orgulham por essa iguaria não ser facilmente encontrada fora do estado, mas calma! Agora, se você mora longe, não precisa mais viajar até lá.

Sabe aquela carne cozida que fica desfiando e não dá trabalho? Essa receita de barreado traz exatamente isso! Um prato que, originalmente é preparado por no mínimo 8 horas, feito em menos tempo e com o mesmo sabor. Ideal para fazer no almoço. Se quiser experimentar o preparo original e outras versões, confira as receitas abaixo da nossa preferida para descobrir o que cada uma delas oferece.  

poste no pinterest esta imagem de receita de receita-de-barreado

Nossa favorita: Receita de barreado na panela de pressão: Veja como fazer

Rendimento
1 kg de barreado
Preparação
2 horas
Dificuldade
Fácil
Ingredientes
  • 1,5 kg de patinho, peito, coxão mole
  • Pimenta de cheiro e biquinho
  • Farinha de mandioca fina
  • 500g de bacon em fatias
  • Cominho em pó a gosto
  • 3 tomates sem pele
  • 2 bananas nanicas
  • 3 cebolas grandes
  • Pimenta do reino
  • 6 folhas de louro
  • 3 dentes de alho

Modo de preparo

  • Tempere a carne fatiada em cubos médios alho, sal a gosto e pimenta do reino.

  • Forre o fundo da panela com o bacon, então, crie uma camada com a carne em cubos. Tempere tudo com cominho a gosto, adicione cebola em rodelas e tomates.

  • Adicione as pimentas, as folhas de louro e entre com mais uma camada da carne.

  • Temperar com cominho outra vez, acrescente a cebola, a tomate e a pimenta.

  • Feche a panela e leve ao fogo médio para cozinhar por uma hora e meia.

  • Passado esse tempo, abra a panela, tire duas a três conchas do caldo e reserve.

  • Em um prato, adicione farinha e regue com o caldo. Use um garfo para misturar bem. A consistência é para ficar um pouco mais grosseira do que a de um pirão.

  • Coloque uma concha generosa da carne por cima e estará pronto.

  • Dica: como acompanhamento, a sugestão é uma banana cortada em rodelas. A coloque na lateral do prato. O doce da fruta combina com o sabor da carne.

Aprenda a fazer 14 receitas de barreado com o tempero do Sul:

Curitibano

Alguns reclamam das longas horas de preparo, mas se já está na panela, durante o cozimento, você pode fazer uma infinidade de coisas.

Faça mais acompanhamentos.

O barreado de morretes é um cozido que dá com tudo.

Panela de barro

Já cozinhou em uma panela de barro antes? A comida fica tão melhor!

Esta receita do barreado de morretes é aquela onde todos os ingredientes vão cozinhar em fogo alto numa panela grossa por doze horas.

E não queima? Não, se liga: depois de tampar a panela de barro, cubra as laterais com uma massa feita de farinha e água quente. Isso é para evitar que a água do cozimento evapore. Agora coloque para cozinhar e aproveite.

Banana flambada

Esse acompanhamento é fácil de fazer e requer poucos ingredientes, porém, é importante adquirir alguma técnica antes. Usar álcool na comida e adicionar fogo não é para qualquer iniciante, viu?

Mas não deixe de tentar porque fica uma delícia!

Músculo

A carne cortada em cubos deve ser bem refogada com cebola, o alho, cominho, sal e pode ser deliciosa com condimentos variados que você tenha aí. Deixe cozinhar um pouco. Depois de pronto, acrescente água o bastante para criar o caldo.

Coloque até cobrir acima da carne e leve para cozinhar em fogo baixo por mais duas horas. Finalize em um prato fundo com banana a gosto e cheiro verde.

Carne de segunda

Esse não é um prato que exige carnes premium, mas é claro que algumas irão facilitar a receita. Todavia, se você escolher uma de segunda que aguente um longo cozimento sem ficar borrachuda, perfeito!

Vai ter o prato do mesmo e gastando menos.

Banana

Se engana quem acha que ela é opcional! A banana da terra ou qualquer outra disponível, é um componente desse prato cheio de história.

Além de agregar sabor, o empratamento do barreado de morretes fica lindo!

Tampa barreada

Tempere a sua carne, adicione à panela com o tempero. Depois de criar as camadas, coloque um pouco de cebolinha, então, tampe a panela completamente.

Feito isso, é hora de barrear! Para vedar a panela, arranje um pote com água, põe um pouco da farinha e misture. Use bastante para formar uma mistura grossa.

Grude a massa formada, moldada com as mãos, na panela e vá regando com mais água para criar uma barreira para selar a panela. Esse processo também é feito com argila. Caso não tenha, coloque a farinha na água quente e fica tudo bem.

Contemporâneo

Nem todos gostam, mas as variações vão surgindo.

Essa versão não requer vedação na tampa da panela e fica pronto rapidamente.

Tire duas conchas de barreado para servir, acrescente um pouco de cheiro verde, duas colheres de farinha e bananas a gosto.

Peito bovino

A carne bovina é a favorita desse preparo, tanto que há quem use mais de um tipo. O peito do boi pode ser uma escolha bacana e acessível para sua receita.

Deixe cozinhar por 3 horas, 6 se for possível, até obter a carne desmanchando.

Não esqueça: use farinha no momento de servir.

No caldo de carne

A forma de preparo para esse é tradicional: coloque um pouco de carne, em seguida, a cebola, repita as camadas depois coloque água até cobrir.

Ou não? Para que a carne fique desmanchando, o chef usará um caldo já pronto, em vez de usar água. Faz diferença? Sim. Toda? Não. É importante que a carne esteja macia no momento da mistura com o pirão.

Isso varia do gosto pessoal de cada um.

Com mandioca

Na hora de servir, abra a panela e coloque para 2 conchas do barreado serem servidas em uma tigela. Ou seja, uma colher de farinha, a carne e a banana.

Se quiser fazer do seu jeito, sugiro adicionar uma pimentinha e curtir o caldo como tira-gosto para tomar aquela cerveja gelada.

Na churrasqueira

Por onde você vá, haverá receitas para fazer na churrasqueira, afinal, é uma baita economia não ter que usar gás em preparos tão longos.

Sem contar que aquele gostinho defumado é incrível.

Toucinho

Se já fica uma delícia com o bacon, a adição do toucinho é suficiente para dar água na boca. Ele libera a gordura e muito sabor. Falando nisso, o segredo de um bom barreado é o tempero, então, capriche no louro, cominho a gosto, cheiro verde.

Misture bem para todas as carnes pegarem o gosto.

Molho de tomate

Sim, foge um pouco da receita original, mas se vai agradar o gosto da família, não é pecado. Use molho ou extrato de tomate porque além de dar uma encorpada no caldo, o sabor fica diferenciado.

Todo mundo vai ficar se perguntando sobre qual é o toque especial.

Que legal ter a chance de reproduzir o prato mais tradicional do estado do Paraná na sua cozinha sempre que quiser. O barreado de morretes é forte irá encher a barriga daqueles que provarem, dando energia para o resto do dia.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.