Molho para Yakissoba Caseiro + Boas Possibilidades de Combinações

O Yakissoba é uma ótima refeição para o dia a dia, já que é completo e saudável.
Publicado em Macarrão
Molho para Yakissoba Caseiro + Boas Possibilidades de Combinações Luciano Ohya / Shutterstock.com

Prato popular da culinária Japonesa, o Yakissoba é um macarrão frito e refogado com molho e, que leva ainda, diversos tipos de legumes. É muito saboroso e é um dos pratos preferidos dos brasileiros.

É também muito versátil, assim você pode incorporar diversos ingredientes ao macarrão. A nossa receita de molho para yakissoba caseiro, simples e fácil preferida é com óleo de gergelim. Ele é rico em nozes, o que garante um sabor levemente amadeirado ao Yakissoba.

Além disso, há diversos preparos diferentes, assim como as combinações de sabores. Por isso, escolhemos aqui mais 15 receitas de molho de yakissoba para você experimentar, tem para todos os gostos. Aproveite!

poste no pinterest esta imagem de receita de receita-de-molho-para-yakissoba-caseiro

Receita de molho para Yakissoba caseiro com óleo de gergelim: Saiba como fazer

Rendimento
1L e meio
Preparação
20 minutos
Dificuldade
Fácil
Ingredientes
  • 1 fio de óleo vegetal
  • 3 gotas de óleo de gergelim preto torrado
  • 1 litro e meio de água fervendo
  • 1 colher (sopa) realçador de sabor
  • 1 e ½ colher de(sopa) de açúcar mascavo
  • gengibre ralado a gosto
  • 250 ml de shoyo
  • 06 colheres de (sopa) de amido de milho
  • 1 colher (sopa) HONDASHI

Modo de preparo

  • Em um bowl, dissolva por completo, em 100 ml de água fria, todo o amido de milho. Reserve.

  • Em fogo baixo, aqueça uma panela e acrescente o óleo vegetal e o óleo de gergelim.

  • Acrescente o gengibre e o molho shoyu, mexa bem.

  • Tempere o molho com o açúcar, o realçador de sabor e o hondashi.

  • Acrescente a água fervendo e mexa bem.

  • Coloque o amido de milho dissolvido e mexa bem.

  • Espere até começar a ferver e retire do fogo.

  • Está pronto para servir.

Abaixo, selecionamos 15 diversos preparos de molho para Yakissoba para você experimentar.

Com hondashi

O hondashi é um tempero japonês feito à base de peixe. É um tempero forte, por isso, a quantidade utilizada é mínima.

É bastante concentrado e, por isso, é ótimo também para incrementar receitas como o yakissoba, risotos e sopas.

Com maizena

O amido de milho é uma excelente opção para ser incorporado à receita já que é responsável por deixar o molho com o sabor mais concentrado e a textura mais encorpada.

Além disso, é uma opção extremamente econômica e acessível.

Com shoyu

O shoyu é um dos carros chefes da cultura oriental. É bastante utilizado como substituto do sal e, o melhor de tudo, é derivado da soja.

Isso garante, inclusive, os mesmos benefícios do grão, como o fortalecimento do tecido e dos órgãos.

Com sakê

O sakê é uma bebida tradicional da culinária japonesa e o ingrediente principal é o arroz.

É retirado dele todo o óleo e as proteínas encontradas nos grãos.

Além disso, o sakê tem um alto teor de álcool, que é reduzido no preparo e, ainda assim, confere muito sabor à receita.

Com molho de ostra

De consistência espessa e com um leve sabor agridoce, o molho de ostra é usado para deixar qualquer receita ainda mais saborosa.

É, além de excelente para a saúde, muito versátil. Essa delícia é usada também como base de salada, carnes e sopas.

Com cogumelos

Garantindo que o molho seja feito com mais especiarias, para essa receita usamos o cogumelo como ingrediente base.

São saborosos e excelentes para a saúde, já que são fontes de vitamina D e auxiliam na prevenção do diabetes.

Com gengibre

Raiz de sabor forte e cheiro marcante, o gengibre garante que o tempero de qualquer alimento fique bastante evidente.

Essa delícia garante também benefícios como o combate à náusea, a redução da dor muscular e a redução do açúcar no sangue.

Com dashi de cogumelo seco

Essa receita deliciosa é feita com dashi, que é um caldo típico da culinária brasileira e é feito com cogumelo seco.

É bastante usado, inclusive, pelos veganos e vegetarianos, já que tem uma alta concentração de proteína e de vitamina B, substituindo, sem perda, a carne.

Fácil

Essa é, sem dúvidas, a receita de molho mais prática do artigo, já que usamos só o molho shoyu pronto.

É só seguir o passo a passo. Por fim, é só regar todo o yakissoba com o molho e esperar levantar fervura. Super prático, simples e econômico.

Com açúcar

Garantindo que o molho fique levemente agridoce, usamos aqui o açúcar. Ele é dissolvido no molho, o que deixa a receita ainda mais saborosa.

A cultura japonesa, inclusive, tem como hábito o consumo de molhos bem açucarados.

Com trigo

Nessa deliciosa receita, usamos o trigo sarraceno, muito diferente do tradicional. Isso porque esse trigo não contém glúten.

E, para melhorar, é mais benéfico para a saúde já que contribui para a redução do açúcar no sangue e promove a saúde do coração.

Com cebolinha

Uma receita saborosa em que o ingrediente diferencial desse molho é a cebolinha. O sabor único e o cheirinho característico fazem com que a gente aprecie ainda mais o prato.

Além disso, combina muito bem com todos os ingredientes do molho para Yakissoba.

Com farinha de amendoim e sazon

Nessa receita de molho, o que garante a consistência do molho é a farinha de amendoim.

É o próprio alimento torrado e descascado, com o benefício que não tem sódio. Além disso, todo o molho é temperado também com sazon. Fica muito bom.

Com catchup

Esta receita leva catchup e tem um sabor levemente adocicado. É, ainda, feito com molho de tomate e diversos temperos.

Não tem quem não goste. Contribui ainda para preparar o molho para yakissoba caseiro com mais facilidade e mais sabor.

Vegano com molho de soja

O veganismo é um estilo de vida que não faz uso de nada de origem animal, seja para comer ou para vestir.

Assim, nessa receita de molho para yakissoba simples, usamos o molho de soja na composição. Esse molho é igualmente saboroso.

O molho para Yakissoba é uma excelente pedida para manter o prato diferente.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.