15 Receitas de Peta de Polvilho Mais Inúmeras Formas de Preparar o Biscoito

Ideal para os lanches do dia a dia, a Peta é saudável e tem diversos modos de preparar.
15 Receitas de Peta de Polvilho Mais Inúmeras Formas de Preparar o Biscoito
Avalie este item
(15 votos)

O nome Peta é dado, tradicionalmente, ao biscoito de polvilho em algumas regiões do nosso país. O biscoito é um clássico e está presente desde os cafés da manhã de casa aos das grandes padarias.

Selecionamos aqui a nossa receita de peta de polvilho favorita. Depois dela, escolhemos alguns variados modos de fazer e de ingredientes complementares para você personalizar sua receita.

Receita de peta de polvilho caseira: Saiba Como Fazer

Rendimento
22 Unidades
Preparação
35 minutos
Dificuldade
Fácil
Referência de Medida: Xícara de 240ml / Copo de 200 ml
Ingredientes
  • 3 ovos
  • 3 Copos de Polvilho Azedo
  • 1 colher (chá) de sal
  • ½  xícara (chá) de óleo morno
  • 1 xícara (chá) de água
  • 1 copo de óleo
  • 1 copo de leite

Modo de preparo

  • Em um bowl, coloque o polvilho azedo, o óleo, o sal e misture bem.
  • Para ferver, coloque o óleo morno e a água.
  • Despeje a combinação no bowl, aos poucos.
  • Deixe esfriar por três minutos.
  • Acrescente os ovos e continue misturando.
  • Aos poucos acrescente o leite e continue misturando.
  • Sove o creme com a mão até que atinja uma textura cremosa, lisa e com poucos grãos.
  • Coloque o creme na manga de confeitar e faça o formato dos biscoitos na forma.
  • Lembre-se de deixar os espaços para evitar que os biscoitos grudem.
  • Leve para assar em forno pré aquecido a 180ºc por, aproximadamente, 20 minutos.
  • Retire e está pronto para servir.

2º. Com limão

autor: Alessandro dutra do nascimento

Nessa receita o diferencial está no suco de um limão usado.

Ainda que de polvilho doce, essa peta leve limão. Só que neste preparo, o limão é usado para realçar ainda mais o sabor doce da receita.

É uma dica inclusive para se incorporar a outras receitas.

3º. Com leite

autor: Ediane - Comida Mineira

O leite dar à massa da peta caseira uma consistência muito mais firme.

É ainda ótimo para a saúde, já que auxilia na saúde dos ossos e dos dentes e, ainda, contribui para o fortalecimento, crescimento e regeneração muscular.

Tudo isso porque é rico em cálcio e em vitaminas.

4º. Com polvilho doce

autor: Graciela Adriana

O polvilho doce é feito da mandioca e não contém glúten ou gorduras.

É um alimento versátil que pode ser usado para diversas receitas. Além de ser ótimo para a saúde, já que contêm vitamina B, B3 e potássio.

Além disso, é fácil de incorporar a outras guarnições, facilitando o preparo de receitas.

5º. Com ovos

autor: Bateu, tá pronto

O ovo é um ingrediente indispensável nas receitas, já que ajuda a dar liga ao biscoito peta.

O ovo é um alimento rico em proteínas. Inclusive, é recomendado por nutricionistas que seja inserido na dieta diariamente.

Já que ajuda no combate à anemia e ainda, na redução do colesterol ruim.

6º. Com Polvilho azedo

autor: Culinária em Casa

Assim como o doce, o polvilho azedo é muito versátil e usado em diversas receitas.

O diferencial está no sabor. Esse tem um sabor intenso e é, ainda, levemente azedo, já que passa por uma fermentação intensa em seu preparo.

Nessa receita, o polvilho é o ingrediente principal.

7º. A moda antiga

autor: Catia Jois

Essa peta caseira é um clássico, e tem o seu preparo à moda antiga.

Depois de preparada a massa, a dica é colocá-la em óleo bem quente, durante pouco tempo, para “assustar” a massa. Em seguida, deve ser levado ao forno.

A dica é ficar bem atento ao tempo da fritura e não perder o tempo.

8º. Com saco de confeitar

autor: Meu recanto caipira

O diferencial dessa receita está na forma com que o biscoito é montado.

Depois de pronta a massa, em uma consistência meio mole e lisa, ela é levada a um saco de confeitar. É a partir daí que os biscoitos são moldados na forma.

É a dica ideal de padronização dos biscoitos, o que facilita a venda.

9º. Com parmesão

autor: Nossa Cozinha

O queijo italiano parmesão é muito utilizado na nossa culinária.

Isso porque garante cremosidade à receita, além do sabor levemente azedo e o cheio intenso. É a pedida ideal para complementar as receitas.

Além disso, é muito versátil, e incorpora, com facilidade, outros sabores.

10º. Doce

autor: Cozinhando com a Ly

Essa receita tem como ingrediente especial o açúcar.

Usamos somente meia xícara, já que assim garantimos que o biscoito fique bem doce. Além disso, na hora de moldá-los, você pode fazer em formato de rosquinha.

A apresentação fica tão impecável quanto o sabor.

11º. Na AirFryer

autor: Maurício Rodrigues

O diferencial dessa peta caseira está no modo de fazer.

Usamos aqui a airfryer no lugar do forno para fazer os biscoitos. A fritadeira faz com que o preparo seja mais fácil e mais rápido do que no forno, cerca de 15 minutos a 200º.

Caso você queira a peta ainda mais crocante é só colocar em 180.

12º. Com queijo meia cura

autor: DICAS DA VALL

O queijo meia cura recebe esse nome devido ao ponto de maturação dele.

O processo é feito de forma artesanal, sendo inclusive um dos maiores sustentos das famílias brasileiras. É ideal para a consistência da Peta já que é bem firme e consistente.

Além de contribuir com a saúde, sobretudo com o sistema imunológico.

13º. Com fubá

autor: Ricota e Maricota

O fubá é uma farinha bem fina, feita com milho.

Sua combinação com o polvilho deixa a Peta bem consistente e firme. O que facilita todo o preparo do biscoito, inclusive na hora de fritar.

É ainda uma farinha leva e que tem alta capacidade de sustância.

14º. No liquidificador

autor: Receitinha

Facilitando o passo a passo desta receita, aqui usamos o liquidificador.

Colocamos todos os ingredientes no liquidificador e batemos até atingir uma combinação consistente, lisa e bem firme.

Em seguida, é só moldar os biscoitos e levá-los para assadeira. Muito prático.

15º. Com aveia

autor: VegTube

Nessa receita usamos a aveia como um dos ingredientes chave da receita.

A farinha de aveia é sem glúten e é conhecida por dar firmeza à massa. Além de conter um alto teor de fibras, o que auxilia no funcionamento do intestino.

Acrescentamos ainda castanha do Pará nessa receita, o que garante a crocância do biscoito.

Você pode escolher a sua combinação favorita e, inclusive, fazer o biscoito para vender. Bom apetite!

poste no pinterest esta imagem de receita de peta-de-polvilho

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.