Queijo Muçarela Caseiro

Faça quanto quiser em sua casa facilmente e use nos mais variados pratos que levam essa delícia.
Publicado em Outras Receitas
Queijo Muçarela Caseiro

Um dos queijos preferidos pelos brasileiros é, sem dúvida, o muçarela.

É aquele que acompanha a grande maioria das receitas salgadas deixando a maior característica que é aquele seu derretimento gostoso e que todo mundo aprova!

Aqui, vamos ensinar a como fazer uma deliciosa Receita de Queijo Muçarela Simples e Fácil para você usar nas suas receitas ou degustá-lo puro, como preferir.

Confira!

poste no pinterest esta imagem

Receita De Queijo Muçarela Caseiro Simples E Fácil: Saiba Como Fazer

Quantidade
15 fatias
 
Preparação
24 a 48 horas
 
Dificuldade
Fácil

Ingredientes

3
litros de leite integral “gordo” de saquinho ou direto da vaca
200 ml
de coagulante líquido
1
colher de sopa de sal

Modo de preparo

1

Esquente o leite

Pegue 1 litro de leite, leve ao fogo baixo e dê uma leve amornada. Não deixe ferver e nem ficar muito quente, apenas produza uma ligeira aquecida, como se fosse fazer um leite para um neném.

2

Pegue a vasilha comprida

Em uma vasilha comprida que tenha tampa, que caiba cerca de 3 litros de leite, coloque apenas 1 litro de leite e adicione uma tampinha de coagulante líquido (ou coalho, como é mais conhecido).

Mexa com a ajuda da colher e, em seguida, tampe a vasilha e deixe descansar por cerca de 1 hora.

3

Depois de 1 hora

Seu leite deverá virar uma massa: teste com a colher cortando em alguns pedaços e pegue-os para ver se estão no ponto pudim.

Mexa um pouco e você perceberá que a massa se desfará um pouco deixando pelotas, isso é normal.

Deixe descansar por mais 15 minutos.

4

Coloque sal

Coloque 1 colher de sopa de sal, misture bem e deixe descansar por mais 15 minutos.

5

Excesso de soro

Assim que passar os 15 minutos, com a ajuda de 1 caneca ou concha, retire o excesso de soro que ficou na massa, mas não jogue fora: com esse soro, você poderá fazer ricota, bolo e até mingau!

Posteriormente, use um coador para retirar todo o soro e só deixar a massa.

Assim, vá colocando a massa dentro da fôrma.

6

Coar

Coe a massa com cuidado separando massa de soro usando um grande coador e com a ajuda de uma colher.

Posteriormente, você terá de esperar mais 24 a 48 horas (dependendo do estado da massa) para a massa secar (curar) bem.

7

Durante as 24 ou 48 horas

Enquanto a massa vai secando durante um dia inteiro, vá apertando e virando para ajudar a secar mais ainda.

De preferência, deixe em um local onde o soro pode sair: escorredor de macarrão, fôrma com saída embaixo etc.

Você pode deixar a massa debaixo de um ventilador para agilizar mais esse processo.

Após passar 12 horas, poderá desenformar a massa e deixá-la secando mais 12 horas.

8

Vira queijo

Nesse procedimento, perceberá que a massa se transformará naqueles queijos amarelos e redondos que muita gente já viu.

Mas, ainda não é esse o resultado final que desejamos: continue lendo o passo a passo para vê-lo se tornar muçarela.

9

Pique

Com a massa já pronta, sequinha e meio amarelada, parecendo aqueles queijos redondos, corte-a em quatro partes.

Coloque em uma panela os pedaços dos queijos e mais um pouco do soro que tinha sobrado.

Ligue o fogão, espere mais 2 minutos para esquentar a panela e ponha para cozinhar,

O soro secará e tudo virará um angu (um creme bem grosso).

Poderá usar uma panela para arroz, se quiser! O que vale é colocar em um local que seu queijo picado cozinhe e se torne o tal angu.

10

Queijo cremoso

Quando notar que seu queijo está muito cremoso, como se estivesse muito derretido em um creme suculento, quer dizer que está pronto mesmo que sobre soro na panela.

Porém, quanto mais sequinho, mais delicioso! Por isso, deixe o soro secar.

11

Tire a massa

Depois de pronto, retire a massa da panela separando-a novamente do soro que sobrará e coloque em um outro recipiente.

Pode usar pote de sorvete vazio, pois tem tampa e isso ajuda a agilizar o processo e a não queimar a massa (lembre-se: o frio queima”).

Outra coisa do pote de sorvete é por ser maleável e, por este motivo, fica mais fácil de desinformar.

Com a ajuda de uma colher, deixe a massa retinha e leve a geladeira por 2 horas.

12

Desenforme

Depois de esperar as duas horas, retire a massa e a desinforme sobre uma tábua ou superfície limpa.

Seu queijo estará pronto, e poderá cortá-lo em fatias (como tradicionalmente é conhecido) ou ralar para colocá-lo em suas receitas.

O queijo muçarela caseiro dura quanto tempo?

A receita de queijo muçarela pode chegar até 15 dias de validade se bem encapado com filme plástico e guardado na geladeira.

Este queijo também poderá ser conservado dentro de um congelador fazendo com que a validade salte para 2 ou 3 meses.

Mas, para isso, atenção é necessária: na hora de encapar.

Use papel toalha para absorvê-lo e depois encape com bastante papel filme plástico.

Isso fará com que seu sabor e textura não se percam durante esse tempo.

O que é o coagulante líquido?

O coagulante líquido ou coalho (como é mais conhecido) é a substância que serve para coagular o leite e transformá-lo em queijo.

Reza a lenda que essa técnica foi descoberta quando pessoas usaram o estômago de animais ruminantes como o bezerro e a vaca e acharam o resultado muito bom da coalhada do leite.

Ou seja, naquela época que foi descoberta, o coalho era feito do quarto estômago do bezerro, que passava por um processo de secagem.

Porém, atualmente, o coalho ou coagulante é vendido em forma líquida, em pó ou em pasta com mais concentração do que os feitos por produtores de forma artesanal.

Curiosamente, essa forma de coalho usando estômagos de animais ainda existe e é considerado a melhor forma pois desenvolve melhor as bactérias lácticas.

Pois, a intenção do coalho é exatamente dar coagulação ao leite, contudo também temos de prestar atenção na dose, na concentração, na temperatura e no PH do leite para um resultado superior.

Fora que as enzimas do coalho continuam intervendo sobre a cura do queijo, o que, no fim, resulta uma variedade de sabores.

Onde achar o coagulante líquido?

O coagulante líquido ou coalho pode ser achado nos melhores supermercados da cidade ou, mais fácil, pela internet em lojas de renome como o Extra Hipermercados ou as Lojas Americanas.

Quais receitas dá para fazer com o soro que sobra dessa receita?

Além de fazer ricota, mingau e até bolos, o soro que sobrou dessa receita pode ser usado em 1001 receitas que nem imaginava...

Você pode usar afim de auxiliar no cozimento de qualquer alimento substituindo a água pelo soro como o arroz, o frango e até os risotos.

Também, pode ser usado para pratos que levam grãos deixando-os de molho no soro.

A sopa é um prato que pode ficar rico ao usar soro em vez de água: o soro tem mais vitaminas e proteínas que deixará a comida mais saudável e nutritiva.

Vitaminas é outro item que você pode não imaginar, mas que com soro fará a diferença, pois graças aos seus nutrientes como as proteínas, a vitamina ficará mais forte e será um excelente alimento matinal para todos os dias.

Igualmente serve para fazer barrinhas de cereais e outras bebidas lácteas fermentadas ou não.

O soro também poderá te ajudar a marinar carnes já temperadas, pois o soro fará com que as carnes fiquem mais macias.

É bom para fazer doce de leite, no qual pode substituir o próprio leite por soro.

Além de alimentos, o soro também serve em coisas inimagináveis como caixa de compostagem, regar flores e hortas (mas, daí o soro não poderá estar ácido) e alimentar animais não ruminantes.

Por fim, as massas como pães e bolos também ficaram muito especiais se, durante essa receita, você trocar a água pelo soro: seu sabor ficará mais acentuado e ainda receberá bons nutrientes.

Como conservar o soro?

Deverá conservar esse soro em um pote limpo e fechado na geladeira até sete dias.

Também poderá congelá-lo em saquinhos (aqueles de geladinhos) ou formas de gelo e a validade saltará para 3 meses.

Dessa forma, poderá usar o soro com mais praticidade jogando os cubinhos nas sopas, feijão ou em qualquer receita que tiver água.

Por que esse detalhe com o leite?

A atenção especial dessa receita fica no leite, que é a base de todo o queijo.

Ele tem de ser especial, bem gordo e ser muito forte.

Os leites do tipo B ou C de saquinhos são os mais recomendados, mas se tiver a chance de obter um leite tirado diretamente da vaca, o resultado vai ser centenas de vezes melhor!

Quando o leite é bom, se usar 1 litro, pode render de 300 a 350 gramas.

Os leites de caixinha do tipo longa vida – UHT podem não ter um bom resultado, pois não sofrem a ação esperada do coagulante.

Ou seja, quanto mais natural seu leite é, melhor o resultado.

Gostaria de nos ajudar com um compartilhamento em suas redes sociais? Cada compartilhamento ajudará.

Siga-nos no Youtube, Facebook, Pinterest e Instagram.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.