Molho Tártaro Simples com Cenoura e Maionese

Aprenda a preparar um dos molhos mais suculentos e simples que já viu. Combina com tudo que pode imaginar.
Publicado em Acompanhamento
Molho Tártaro Simples com Cenoura e Maionese

Nenhum prato salgado fica completo se não houver aquele molho suculento para quebrar um pouco da secura e dar mais sabor a qualquer receita.

No artigo de hoje, ensinaremos a como fazer uma belíssima receita de molho tártaro simples com cenoura e maionese em sua casa para você servir e conquistar familiares e amigos.

Confira!

poste no pinterest esta imagem

Receita de Molho Tártaro Caseiro Simples com Cenoura e Maionese: Saiba Como Fazer

Quantidade
15 Porções
Preparação
10 minutos
Dificuldade
Fácil

Ingredientes

Mostarda
Maionese
Creme fresco
Pepino
Cenoura
Talo de salsão
Azeitona
Miolo da cebola
Salsinha
Limão ou Vinagre

Modo de preparo

1

Pique tudo

  1. A aparência da receita de molho tártaro é algo tão importante quanto o seu sabor, por isso, pegue a cebola e pique muito bem!
  2. Pegue pepino, cenoura, talo de salsão, azeitona, miolo da cebola e salsinha e pique tudo também deixando reservado.
  3. A quantidade de cada item picado equivale a uma colher de sopa, mas, claro, você pode colocar a quantidade que quiser se, por exemplo, gostar mais de um item que de outro.
  4. Nessa receita, por exemplo, geralmente as pessoas colocam mais pepino que outro item, mas vai do gosto de cada um.
2

A parte da mistura

  1. Nessa parte da receita, vamos misturar os ingredientes: em um recipiente de tamanho médio, de preferência de aço inox, misture o creme fresco com o suco de limão (metade).
  2. Com a ajuda de fuê (batedor), misture o creme com o suco do limão até que fique homogêneo.
  3. Curiosamente, o limão trabalhará o creme fresco e mudará sua textura partindo para algo que lembra mais o molho de forma consistente que o creme fresco em seu formato natural.
3

Hora da mostarda!

  1. Com o creme fresco e o limão feito um molho consistente, misture nessa massa uma colher de chá de mostarda (ou o quanto desejar) e a maionese.
  2. A quantidade você escolherá colocar, mas lembre-se que não poderá ficar exagerado: é apenas para dar um tempero e mais.
  3. Curiosamente, a maionese poderá ser colocada em uma grande quantidade, pois, além do seu sabor, sua cor não influenciará no resultado e, ainda, o deixará mais apetitoso.
  4. Use o fuê novamente para misturar bem a massa até que fique homogênea.
4

Resto dos ingredientes

  1. Lembra da cebola, pepino, cenoura, talo de salsão, azeitona, miolo da cebola e salsinha picadas?
  2. Então, pegue todos eles e misture na massa do molho para que finalizemos nossa receita e mexa bem com a ajuda do fuê.
5

Passe para o prato

  1. Tendo o molho pronto, basta colocá-lo em um prato raso.
  2. Você poderá enfeitar com uma folha de salsinha para deixá-lo mais bonito e atraente.
  3. Agora, basta experimentar e se deliciar com essa receita de molho tártaro simples nos seus pratos! Bom apetite.

Indico que veja também o incrível molho madeira, a receita de molho de alho, creme azedo e como fazer molho barbecue.

Qual é a validade?

A validade, em média, é de 10 horas em temperatura ambiente.

Colocando o produto dentro da geladeira, essa validade sobe para 20 dias, mas deverá estar bem embalado e tampado.

O que ele acompanha?

Geralmente, os molhos tártaros são usados para carnes vermelhas, peixes e frangos, mas você pode usar em qualquer receita que seja salgada e especialmente “secas” como risotos e massas.

Nas massas, principalmente se falar de macarrões, ele substituirá o molho vermelho tradicional de tomate.

Só existe uma opção de ingredientes desse molho?

A resposta é não. Existem dezenas de versões que você pode criar em sua casa da mesma forma rápida e saborosa que é essa opção.

Seis delas iremos listar abaixo:

com mostarda:

Similar ao molho tártaro tradicional, o ingrediente especial e essencial dessa versão é a mostardinha.

Para quem não sabe, ela é uma planta de folhas escuras da mesma família das couves e é com suas sementes que podemos montar o molho.

Nessa opção, você terá de colocar, além de todos os ingredientes citados neste artigo, colheres de sopa de alcaparras e cenouras em conserva.

Isso dará um gostinho mais especial mistura do ácido e salgado da alcaparra e o doce simpático da cenoura.

com cebola roxa

Nessa receita, o toque extra fica a cargo dela que, além de dar uma outra cara ao molho, contribui com um sabor que só esse tipo de cebola pode oferecer.

No molho pique a cebola em pequenos cubinhos e o coloque na massa, mescle tudo e saboreie.

Você vai adorar!

simples

Se você deseja uma receita mais fácil com ingredientes que é comum na casa de qualquer pessoa, experimente preparar este tipo.

Basta misturar maionese, cebolinha, cebola, sal e pimenta, seguir o mesmo passo a passo do nosso artigo e saborear uma das melhores versões.

cremoso

Esse é para aqueles que são fãs de molhos cremosos: para esta receita basta adicionar maionese e ricota, entre outros ingredientes só para decorar e dar sabor: pepino, cenoura, couve-flor e os temperos.

A mistura da maionese com a ricota dará a cremosidade esperada e fará com que seu prato fique mais especial e saboroso.

com creme de leite

Misturar creme de leite a um molho não fará com que a receita se perca e, pelo contrário, com que fique mais atraente e gostosa.

No caso, isso não será muito diferente, pois a mistura da maionese no creme de leite só fará com que a receita renda mais e ainda não perderá o sabor de seus outros ingredientes.

com ovos

Os ovos também podem ser a grande estrela se usados de forma correta.

Aqui, nessa receita, o ovo deverá ser cozido e picado em pedaços pequenos para se misturar ao molho.

Outros ingredientes usados serão maionese, pepino em conserva (picles), sal e alguns temperos.

De onde vem o molho?

O nome do molho tártaro tem origem das tribos tártaras, porém, há quem diga que a palavra “tártaro” vem do francês, que numa tradução livre para o português quer dizer “cru”.

E isso tem coerência, pois é uma receita totalmente crua, pois não precisa ser levada ao fogo, forno e nem ao micro-ondas.

Outra coisa que devemos levar em consideração é a confusão que muitas pessoas fazem em pensar que “molho tártaro” e “creme tártaro” é a mesma coisa.

Não é!

O creme tártaro é algo que vem do ácido tartárico e tem o nome original de “bitartarato de potássio”.

Ele serve para preparar outros tipos de cremes, doces, bolos e várias outras sobremesas, pois dá uma cremosidade e leveza que todos esses doces precisam.

Você gostaria de nos ajudar com um compartilhamento em suas redes sociais? Cada compartilhamento ajudará.

Siga-nos no Youtube, Facebook, Pinterest e Instagram.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.