16 Receitas de Abobrinha No Forno Assada + Combinações Para Variar Em Sua Dieta

Veja como a abobrinha verde pode virar um legume-estrela na sua cozinha!
16 Receitas de Abobrinha No Forno Assada + Combinações Para Variar Em Sua Dieta
Avalie este item
(18 votos)

A abobrinha é um alimento que tem a preferência de muita gente, especialmente por ser um alimento muito versátil e de fácil preparo.

Por isso, ao consumi-la você perderá peso em curto prazo e ganhando saúde. Pode haver coisa melhor? Foi pensando nisso que reuni aqui essa espécie de livro com diversas opções de receita de abobrinha no forno simples e fácil. Veja mais preparos deliciosos e variados que esse “legume queridinho” oferece.

A primeira que eu vou te ensinar é uma abobrinha simples com parmesão que é de dar água na boca e vai te encantar pela praticidade e sabor. Em seguida, veja também, diversas outras receitas fantásticas.

Receita de abobrinha no forno assada com parmesão: Como Fazer

Rendimento
4 porções
Preparação
20 minutos
Dificuldade
Fácil
Ingredientes
  • 1 abobrinha italiana inteira ou em rodelas
  • Azeite o quanto baste
  • Sal a gosto
  • Pimenta do reino a gosto
  • Páprica a gosto
  • 1 xícara de parmesão ralado

Modo de preparo

  • Comece cortando as abobrinhas ao meio e, em seguida, faça cortes diagonais;
  • Coloque em um refratário untado com azeite e tempere com sal e pimenta-do-reino;
  • Depois, adicione páprica e queijo parmesão ralado à gosto;
  • Leve ao forno preaquecido a 200º por 20 minutos ou até que doure;
  • Sirva em seguida!

2º. Com tomate e queijo

autor: Emily Alves

E por falar em delícias da Itália, já pensou em preparar bruschettas fit, ou seja, totalmente sem carboidratos? Ora, você pode perguntar: “Bruschetta sem torrada”? Sem um pedacinho sequer de pão? Isso!

Trata-se da famosa abobrinha verde ou italiana, que será usada para fazer uma autêntica bruschetta de base vegetariana! Uma combinação de abobrinha, tomate cereja incrível.

Veja o passo a passo dessa abobrinha assada com queijo: corte as abobrinhas em rodelas + cubra cada rodela com extrato de tomate + acima do extrato, ponha 1 rodela de tomate + 1 folhinha de muçarela cobrindo+ por cima de tudo, orégano. Acomode todos os ingredientes na assadeira grande.

E sua bruschetta vegetariana está pronta de maneira muito fácil!

3º. Com carne moída

autor: Receitas Da Cris

Para manter a forma sem esquecer o gosto de uma boa comidinha, a solução é “apelar para os vegetais” ... E poderá haver aquela guarnição predileta – que pode ser um tipo de carne – e que irá te apetecer!

Nesse caso, uma sugestão perfeita é juntar esses dois itens do universo dos adeptos fitness: abobrinha verde + carne moída.

Comece já com a escolha certa do legume: não selecione um que seja muito grande, pois uma abobrinha saborosa não tem mais do que 20 cm... Lembre-se disso!

E mais: use cebola, dentes de alho, pimenta e cheiro verde para deixar a festa do paladar completa!...

4º. Com camarão

autor: Silmara Barcellos

Que tal preparar com frutos do mar? Não imagina a delícia que é esse legume levado ao forno por 15 minutos com recheio de camarões com bechamel! Isso mesmo: aquele molho preparado com manteiga, vegetais aromatizantes, farinha de trigo, leite e creme de leite.

E outra coisa: essa receita produz um resultado muito bonito (além de saboroso). Fica um prato verdadeiramente decorativo: abobrinha assada com brócolis, tomate e os camarões ao molho característico!

Para implementar visualmente o seu prato ainda mais, é perfeita essa sugestão de cortes superficiais da abobrinha em sentido diagonal para, em seguida, salpicar temperos e cobri-la com o parmesão.

Essa é uma sugestão para você aproveitar – com sabor e variedade – a abobrinha no seu cardápio rotineiro. Buon appetito!

5º. Recheada com linguiça

autor: Canal Aprendiz

Agora, uma mistura com cara junina, de “festa do interior”: com linguiça! Mas como cozinha é “terra sem fronteira”, os sabores e as tendências nacionais e regionais se misturam... e aqui temos também azeitonas, bacon, queijo parmesão e creme de leite!

Receita de sobreposição: no refratário, forre a base com o creme de leite, colocando imediatamente por cima a abobrinha em rodelas; em seguida, faça uma camada toda com a linguiça e o bacon misturados, para, novamente, cobri-la de mais rodelas de abobrinha, sobre a qual será espalhado o creme de leite. Depois, cubra toda a superfície do refratário com queijo muçarela, salpicando o orégano finalizador...

Leve para assar em torno de 45 minutos e voilà... estará pronta uma travessa com o seu belo gratinado de abobrinha recheada com linguiça!

6º. Com frango

autor: Divinas Receitas

Pense na harmonia dessa dupla gastronômica: abobrinha + frango.

E esta versão recheada com frango – além do paladar delicioso à mesa – traz benefícios nutritivos a quem faz a “pequena ceia”. A dupla te ajuda a emagrecer, pois o legume tem pouco carboidrato e é antioxidante, o que favorece as dietas.

Já o frango – além de rico em vitamina A e complexos vitamínicos B, C, D, E e K – deixa o organismo fortalecido, controlando o colesterol e propiciando emagrecimento.

E não falta sabor ao prato, que é finalizado com requeijão, muçarela e queijo parmesão ralado! Uma autêntica Receita 3 queijos! Delicie-se!

7º. Com tomate e cebola

autor: Divinas Receitas

E a abobrinha parece mesmo “a rainha do canteiro” dentre as leguminosas! Não é que ela fica bem para uma refeição inovadora de diversas formas?

Pense num tabuleiro tradicional (aquele de alumínio retangular) todo “forrado” de rodelas de abobrinha ultra temperada – regada mesmo a azeite de oliva, orégano, colorau e salpicada de alho e pimenta do reino moída!

Visualizou aí na sua mente? Recoberta de pimentões vermelhos picados, tomate e cebola dispostos sobre toda a superfície da assadeira! Vai ficar mesmo “de comer rezando”!...

8º. Com creme de leite

autor: Thamires na Cozinha / Programa Nossa Casa

O preparo com creme de leite sempre sofistica a receita. Com os legumes não é diferente. Há até quem diga que esse item é um vilão (creme de leite = gordura separada do leite). Seu uso vem da culinária francesa, e por isso costuma ser chique e certeiro em qualquer prato. Mas para quem fala mal do principal aliado dessa receita, a boa é lembrar que basta usar o creme de leite fresco. Não tem erro!

Você irá usar abobrinha – ralada ou cortada em cubos –, manteiga, ovos e creme de leite. É um prato que vai fazer parte das suas receitas prediletas de legumes, aposto!

E o toque final é salpicar noz-moscada... Você pode servi-lo com arroz branco e um ou dois itens a mais de sua preferência. Saladinha verde, almôndegas? Escolha!

9º. Empanada

autor: Ediane - Comida Mineira

Como nos preparos caprichados das melhores receitas de Minas, a abobrinha empanada é uma dica perfeita para aquela refeiçãozinha leve e saborosa para servir àquela amiga vegana que vem te visitar e a quem você não sabe o que oferecer!

Para as abobrinhas descascadas e cortadas em metades, prepara-se uma mistura de ovos + páprica doce + pimenta do reino + sal. Depois de embeber os legumes com essa mistura, junta-se parmesão à farinha de rosca e empanam-se as abobrinhas.

Fazer no forno é simples, e o resultado são abobrinhas crocantes, (assam em 30 minutos). E o melhor da história é servir-se de um alimento delicioso, fit, crocante e zero fritura! Aproveite!

10º. Com Couve-Flor Gratinada ao Creme e Queijo

autor: Lanna Rocha - Viajando e cozinhando

Imagine uma opção em que o legume é o prato principal, mas que ganha o sabor da couve-flor gratinada, um ingrediente “coadjuvante” e realçador. Esse mix fica muito bom!

Fazendo ainda mais saborosa a sua receita de abobrinha, prepare um creme branco, use muçarela assada para a função de gratinar, alho, manteiga, queijo parmesão, sal e pimenta do reino!

Dica preciosa: na hora de levar para assar, embale o refratário em papel-alumínio!

11º. Com páprica

autor: Que tal Cozinhar com Everson

Esta receita arrasa, porque além de ser fit, é uma delícia e de preparo rápido! E tem a facilidade de você poder fazer na Airfryer, que é o carro-chefe da praticidade na cozinha hoje. Afinal, todo mundo precisa ganhar tempo..., mas, é claro, também pode fazer no forno.

É um mix perfeito: abobrinhas cortadas em cubinhos, azeite, páprica, sal, pimenta do reino, gotinhas de vinagre e tomilho desidratado.

E está pronta a festa do sabor saudável! A páprica, com os demais temperos, produz um gostinho diferente, um pouco picante... O sabor daquele tempero mais marcante. Só provando mesmo para saber! Faça e sirva com a sua guarnição predileta.

12º. Em forma de Suflê

autor: Cilda Sitio Receitas

Você gosta de suflê? Dizem que quem inventou essa iguaria foi um chef da França... Claro, pelo nome – que vem de soufflé – logo se percebe o país de origem do prato... Pois bem, seu criador foi, sim, um francês, mas não se sabe se foi o gourmet Marie-Antoine Carême ou o chef Savian o verdadeiro criador do primeiro suflê de que se tem notícia.

Mas, afinal, o que caracteriza o suflê e qual o seu segredo? Vale a pena apostar nele para aquela refeiçãozinha especial?

Sim, sempre vale a pena preparar um para ostentar e deliciar a sua mesa... Principalmente por ser um prato principal leve e saboroso! Dica: é preciso bater com perfeição as claras em neve para que a receita dê certo!

13º. Na churrasqueira

autor: Tv Churrasco

A cozinha pode ser o lugar mais agradável e mais gostoso (literalmente) da casa! E é fato que também possui seus segredos e mistérios! E, nas suas dependências, até o lazer da churrasqueira pode ter macetes para tornar os seus petiscos mais saborosos e fáceis de fazer!

Você sabia, por exemplo, que – assim como a carne – o legume que levado à churrasqueira precisa ter o corte certo? Sim, a maneira de cortar o alimento pode fazer diferença no resultado...

E, sim, o legume pode se tornar um bom astro coadjuvante para o espetáculo de fim de semana, no caso de preparar um acompanhamento diferente para a carne vermelha e a linguiça que estão “fritando” na churrasqueira! Ou o astro principal para o caso de vegetarianos e veganos!...

14º. À Parmegiana

autor: Criar no dia a dia

Aproveitando o nome da receita da abobrinha da vez, este canal aproveita para trazer um pouco de informação cultural para o seu livro de receitas virtual.

Vamos contar aqui a origem do termo “parmegiana”, aquela modalidade com molho de tomate... Bom, você já deve saber que a expressão se origina da Itália, da cidade de Parma, onde é fabricado um queijo tradicionalíssimo e famoso no mundo todo!

Mas há controvérsias: uns dizem que a denominação não tem nada a ver com comida. Que o motivo foi briga de amor: um ragazzo se desentendeu com a namorada e, com a intenção de homenageá-la, mandou publicar assim no jornal: “Uma bisteca per mia Giana”. E pronto: surgiu o nome!

15º. Chips Low Carb

autor: Mundo Low Carb Receitas

Esta receitinha ensina o preparo de um jeito diferente e moderno. Prática para um lanchinho especial para visitas ou para levar como petisco básico quando sair e não quiser fugir à dieta!

Para empanar essas abobrinhas que viram chips, a melhor receita é aquele molhinho que mistura alho, azeite, sal e água – embeber bastante as rodelas e, em seguida, passá-las no queijo ralado, para finalmente levá-las para assar.

Dicas para que seus chips de abobrinha low carb fiquem perfeitos: na hora de gratinar, você precisa aquecer o fogão em 200 graus, assar por cerca de 30 minutos e deixar esfriar (senão não fica crocante)!

16º. Crocante sem carne

autor: Receitas que amo

Esse legume – além de possuir valores nutricionais (fibras, manganês, minerais, vitaminas A, E C etc.) – é uma refeição de baixíssima caloria. Por isso, consumi-la no dia a dia é uma ótima forma de emagrecer saudavelmente.

E as vantagens vão além de ser um item alimentar fit ou nutritivo apenas. Entre outras coisas, a abobrinha regula os níveis de açúcar no sangue, é anti-inflamatória, combate a asma, é anticancerígena e melhora o colesterol.

E o modo de preparo desta receita faz toda a diferença! No sabor e na apresentação do prato, que fica com aquela cobertura dourada crocante sobre a abobrinha assada... Fica algo apetitoso e bonito de se ver na mesa!

Vai deixar a dieta para fazer depois? Não precisa de muito esforço para ser saudável! É só incluir nas suas receitas cotidianas essas versões de formas variadas. Eu adoro abobrinha e vou fazer todos esses pratos!

E tenho certeza de que, com essas múltiplas opções de cardápio, você também vai gostar e querer consumir toda semana, aprendendo ainda mais receitas.

poste no pinterest esta imagem de receita de abobrinha-no-forno

Comentário (1)

  • Keila C Alves

    Gratidão por compartilhar seus conhecimentos!
    Experimentei a receita de ouve flor gratinada com molho branco apaixonamos.
    A família limpou o tabuleiro.
    Gratidão! Deus abençoe grandemente a vida de todos vcs envolvidos neste site tão útil e agradável!

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.